A economia gira. O mundo gira. Seu capital gira. E o segredo está em aprender COMO gira.

Adam Smith
Apresentação Controladoria Histórico Serviços Área de Atuação Consultores Links Clientes Parceiros Índices Artigos Entre em contato Entre em contato com a ConsultBR através do seu e-mail Volta ai início da apresentação
 

 

Introdução

O debate e as críticas quanto à ineficiência da Contabilidade tradicional-ortodoxa e enraizadas nos princípios fundamentais de contabilidade - enquanto construtora e mantedora de sistemas de informações, responsável por suprir os gestores com informações úteis e em tempo hábil na condução do processo de gestão das atividades empresarias, já data de algum tempo.
"Os atuais sistemas contábeis para a administração são inadequados para o meio ambiente". (Johnson & Kaplan, 1987:24).

O que é controladoria?

A controladoria não pode ser vista como um método, voltado ao como fazer.
Para uma correta compreensão do todo, devemos cindi-la em dois vértices: o primeiro como ramo do conhecimento responsável pelo estabelecimento de toda base conceitual, "teoria da contabilidade e uma visão multidisciplinar", e o segundo como órgão administrativo respondendo pela disseminação de conhecimento, modelagem e implantação de sistemas de informações desta tecnologia de gestão.

As bases de sustentação alicerçam-se no modelo de gestão econômica GECON;

A controladoria é por excelência uma área coordenadora das informações sobre gestão econômica; no entanto, ela não substitui a responsabilidade dos gestores por seus resultados obtidos, mas busca induzi-los à otimização do resultado econômico. Portanto os gestores, além de suas especialidades, devem ter conhecimento adequado sobre gestão econômica, tornando-se gestores do negócio, cuja responsabilidade envolve as gestões operacionais, financeiras, econômicas e patrimoniais de suas respectivas áreas.

Missão da Controladoria

- Assegurar a Otimização do Resultado Econômico da Organização.

Objetivo

- Promoção da eficácia organizacional;
- Viabilização da gestão econômica;
- Promoção da integralidade das áreas de responsabilidade.

Filosofia de atuação

- Coordenação de esforços visando à sinergia das ações;
- Participação ativa do processo de planejamento;
- Interação e apoio às áreas operacionais;
- Indução às melhores decisões para a empresa como um todo;
- Credibilidade, persuasão e motivação.

Responsabilidade e Autoridade

A controladoria, em decorrência da missão e objetivos estabelecidos, e para seu efetivo desempenho, terá responsabilidade definida claramente, respondendo pelas gestões operacionais, financeiras, econômicas e patrimonial de suas atividades.
Independente das características das empresas, o grau de autoridade pode ser subdividido em níveis:
Autoridade Formal - relacionada com suas atividades e funções;
Autoridade Informal - à medida que os assuntos se refiram a aspectos técnicos e conceituais inerentes ao grau de especialização envolvido nas funções de controladoria, esta passará a adquirir um grau de autoridade informal, conseqüentemente do domínio dos conceitos e técnicas funcionais de suas atividades.Esse tipo de autoridade efetiva através da execução de atividade tipicamente de consultoria e assessoria, como de staff.

Funções:
"Os propósitos por que as funções ou atos são desempenhados são geralmente referidos como objetivos".

- Subsidiar o processo de gestão;
- Apoiar a avaliação de desempenho;
- Apoiar a avaliação de resultados;
- Gerir os sistemas de informações;
- Atender aos agentes do mercado.

Instrumento da Controladoria

- Processo de Gestão - Planejamento estratégico, operacional e programação: Execução e Controle.

- Sistemas de Informações- Simulações: Orçamentos, Padrões, Realizado.
Conclusões.

- A controladoria, para ser eficaz em sua missão, é profundamente dependente da cultura organizacional vigente. Essa cultura organizacional tem sua gênese no subsistema institucional e, em função da missão, crenças e valores, será definido o Modelo de Gestão que estabelece a maneira como a empresa será conduzida.

Desta forma, ao participar na definição do Modelo de Gestão, divulgar os conceitos de gestão econômica, disponibilizar os instrumentos necessários e zelar pelo pronto atendimento, caracteriza-se a controladoria como um agente de mudanças comportamentais.


Este texto é um resumo do capítulo 12 [páginas 341-356], do livro Controladoria - Uma abordagem da Gestão Econômica, 2. ed. Atlas, 2001, organizado pelo Prof. Dr. Armando Catelli cujo co-autor é o Prof. Dr. Lauro Brito de Almeida.

 

 

Apresentação | Controladoria | Histórico | Serviços | Áreas de Atuação | Consultores | Links | Clientes | Índices | Artigos | Contato